Salve o Curintia

Nossa! Pela primeira vez, torci pelo Grêmio e contra o Colorado. Isso por quê? Para tirar o Corinthians da primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Até fiquei com medo da violência em São Paulo, em função da Fiel. Mas fiel que é fiel agüenta seu time até na série C, não é mesmo?

O resultado ideal seria o Paraná ganhar do Vasco, o Grêmio e o Goiás perderem, daí o Paraná ficaria na série A e o Goiás e o Corinthians desceriam para a série B. O Paraná não ajudou, já no primeiro tempo estava fraquíssimo, então precisei contar com o bom senso Colorado e com a sorte do Grêmio.

O Internacional foi jogar com o Goiás com mágoa no coração, já que o Goiás, no ano passado, machucou um jogador nosso às vésperas de disputarmos o Campeonato Mundial (a propósito, o Campeonato Mundial, até 16 de dezembro, ainda é vermelho!). Mas teria mais motivos de ressentimentos contra o Cotinthians: no Campeonato Brasileiro de 2005, depois do fiasco dos jogos comprados, o Colorado teve expulso seu artilheiro, quando deveria ter marcado um pênalti. Já há indícios e provas de que isso foi uma negociata desgraçada e, em 2007 (algum tempo depois de pisar nos adversários do torneio), o Corinthians purgou o Campeonato abaixo de escândalos administrativos. Quer dizer, para lavar a alma Colorada e para merecer o fiasco que o Corinthians se tornou, a segundona recebe-o de braços abertos.

E a Fiel que seja compreensiva: depois de tanta falcatrua, espera-se que o Timão 😀 não caia para a série C… Fiel que é fiel está ao lado na alegria e na tristeza, na saúde e na doença; mas ultimamente mais na doença e na tristeza. Assim a gente vê quem é e quem não é fiel mesmo.

2 comentários (+add yours?)

  1. Alexandre Martinazzo
    Dez 03, 2007 @ 18:40:47

    Fiquei TÃO chateado… mas achei que o Inter fosse fazer uma, digamos, “forcinha” para ajudar os meus conterrâneos.

    Para os que torcem com toda energia para o Corinthians, meus pêsames; pelo menos futebol não é motivo de tristeza para mim… hehehe

    Responder

  2. washington luis prudencio
    Dez 04, 2007 @ 12:12:01

    apenas um reparo em relação ao título mundial: no momento em que o último campeão perde a capacidade de disputá-lo novamente o espaço fica vago. o título fica em aberto, apenas aguardando os que se qualificaram para a competição no final do ano, já que o campeão mais recente não tem vaga assegurada.
    é um ponto de vista, apenas. como a história do copo metade cheio metade vazio. hehe

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: