Fique quieta a senhora, oras!

yeda-besta

Anúncios

Yeda: mancomunada com o PT!

A Governadora Yeda Crusius está tão interessada em projetos de lei impopulares e desrespeitosos, que eu fiquei muito tempo sem entender como e por que isso acontece há quase dois anos.

Enfim.

Descobri!

Só pode ser porque ela se filiou ao PT escondido. Entende: para ser tão, tão, tão impopular, só pode ela estar construindo a vitória do PT para o próximo governo estadual, seja ele Tarso, Tio Olívio ou Sr. Paim.

Distorção

A distorção é um fenômeno sonoro muito agradável aos amantes de guitarra elétrica e rock. Quando transposta para as coisas da vida comum, torna-se uma bosta, na maior parte das vezes. Como fiz uma análise empírica disso, vou dar um exemplo contundente que prova como a distorção pode ser bastante negativa e nociva nas relações.

Entrevista com a Governadora Yeda Crusius

Nem pão, nem circo

Por enquanto, nada de muito novo, aqui nessa minha vidinha. O prefeito é o mesmo. O trabalho é o mesmo. O cansaço é o mesmo. Mesmo que eu tenha passado um tempo fora de órbita, tudo o que me circundou continuou no mesmo lugar, seguindo seu rumo. Bem, descobri que não sou um sol, pelo menos…

Até mesmo o descaso em relação às coisas da vida está igual. Estou bem cansada do ritmo das coisas e já decidi que está na hora de trocar a profissão, de vida, e de ritmo, também. Isso é pessimista, mas vai que me leve longe e me faça mais feliz. Eu tenho pensado que parece haver um costume a felicidade. Quer dizer, o quanto de felicidade que temos diariamente é sempre o ideal, mesmo que haja um outro tanto que possamos ter, mas temos medo de buscar. Estou começando a perder esse medo. Isso — na minha vida — começa com a natação.

Também tenho feito escolhas pela minha independência intelectual. Estou ficando mais reflexiva em relação à minha opinião crítica sobre as coisas. Vantagens em nome da mudança de pensamento, convicção, opinião não têm mais vez aqui. Às vezes é tentador; mas, ultimamente, cada vez menos. Ser eu mesma não tem sido tão fácil, mas tomar minhas decisões, ser transparente comigo própria e acreditar no passo que estou dando está me fazendo mais feliz. Inseguramente mais feliz. Então, por que não continuar?

Boa semana, gurizada!

.

.

.

Definitivamente: I AM MINE.